estatutodesarmamento
Armas

CONTROLE DE ARMAS: NOTAS SOBRE UM MANIFESTO

Por Eduardo Matos de Alencar*

No Brasil, o debate em torno da revogação do Estatuto do Desarmamento é a bola da vez. Em 29 de setembro de 2016, um renomado grupo de intelectuais assinou um manifesto conjunto do Fórum Brasileiro de Segurança Pública se colocando abertamente contra a Projeto de Lei 3722/12, que flexibiliza várias restrições do Estatuto e facilita o porte e aquisição de armas de fogo. O manifesto fala abertamente em “evidências empíricas robustas” da relação entre violência e armas de fogo, afirmando que o PL deve trazer aumento expressivo no número de mortes no país, caso seja aprovado.

Já publicamos alguma coisa sobre a robustez das ditas evidencias científicas em torno do assunto por aqui. Ainda estamos devendo algo mais incisivo sobre as recentes publicações do Ipea e do Mapa da Violência sobre o tema, mas vamos deitar um pouco de lenha na fogueira para aquecer ainda mais o debate.

Em outubro deste ano, o Telegraph publicou um pequeno artigo a partir de dados do Small Arms Survey e do relatório do Congressional Research Service de 2012, que vale a pena ser discutido. Segundo o periódico, os Estados Unidos da América figuram como o país com mais armas de fogo per capita do mundo, com 112,6 armas para cada 100 residentes. O ranking dos 10 países com mais armas de fogo segue abaixo:


grafico-armas-de-fogo-per-capita

Advinhem só? Dos 10 países mais armados do mundo, só o Uruguai entra na lista dos 10 com maior quantidade de mortes por armas de fogo, como se pode ver pelo ranking abaixo:

grafico-mortes-por-armas-de-fogo

 

Os EUA aparecem na 11º posição, com 10,54 mortes por armas de fogo para cada 100 mil pessoas anualmente.

A única coisa que dá para concordar com a nota conjunta publicada pelo Fórum é com o trecho que afirma que “a violência é um fenômeno complexo”. De fato, bem mais complexo que a simples associação entre posse de armas de fogo por civis e aumento do índice de mortes violentas.

 

*Eduardo Matos de Alencar é editor do site Proveitos Desonestos. Doutorando em sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), possui experiência na área de gestão de políticas de segurança e desenvolvimento em organizações internacionais e governos estaduais e municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *